Nova Identidade Visual Dobra Arquitetura

Há pouco mais de 4 anos, abrimos as portas da Dobra com a vontade comum de fazer uma arquitetura mais participativa, baseada nas trocas entre arquitetos e clientes. Desde então, passamos por muitos aprendizados, amadurecimentos e mudanças.

 

Para marcar e consolidar uma nova fase da Dobra Arquitetura, mudamos também nossa identidade visual. O projeto é assinado pelos parceiros e amigos do incrível Estúdio Lampejo, que acompanham de perto nossa caminhada desde o início. Fortalecemos em nossa nova marca o dinamismo que sempre esteve presente em nosso trabalho: para nós, dobrar é transformar algo de um jeito descomplicado e ao mesmo tempo inovador. Dobramos juntos, exploramos possibilidades e criamos com cada cliente dobras únicas. Com personalidade e profissionalismo, acreditamos na Dobra como um movimento de transformação.

 Nova marca, desenvolvida pelo Estúdio Lampejo

Nova marca, desenvolvida pelo Estúdio Lampejo

 Marca antiga, que guardamos com carinho, desenvolvida pela Bee Grandinetti

Marca antiga, que guardamos com carinho, desenvolvida pela Bee Grandinetti

 
 
gif-marca-processo.gif
 

Foram 124 espaços transformados em parceria com seus usuários (42 consultorias e 83 projetos), entre construções, reformas e decorações. Crescemos como profissionais e como pessoas, e isso nos trouxe novas certezas sobre onde queremos chegar e o que queremos ser.Nos descobrimos apaixonados por reformas: modificar espaços para adaptá-los a novas realidades, necessidades e sonhos, respeitando a história e as memórias, e os preparando para novas vivências. Encontramos também uma nova paixão, os projetos comerciais. Espacializar marcas, identidades, produtos e conceitos é um desafio que tem nos encantado cada vez mais! Em 2018, as reformas residenciais e projetos comerciais são nossas apostas para criar ambientes, conectar pessoas e dar vida a espaços.

 
7 copy.jpg
 

Nossos projetos são elaborados com o envolvimento e a participação dos clientes, em uma relação próxima e interativa. Assim, os autores dos projetos não somos apenas nós, os arquitetos, mas também as pessoas que vão morar e trabalhar nesses espaços. Unimos nossas ideias, repertórios e conhecimentos técnicos com os desejos dos clientes, que participam de cada decisão. Juntos, exploramos as várias possibilidades que os espaços podem ter. Com simplicidade, criatividade, inovação e irreverência, damos forma a sonhos e transformamos ideias em espaços não apenas para serem habitados, mas para serem vividos.